Streamer é banida da Twitch TV após fazer comentário sobre coronavírus - O gato laranja

sexta-feira, 20 de março de 2020

Streamer é banida da Twitch TV após fazer comentário sobre coronavírus

O comentário feito pela streamer foi classificado como discurso de ódio e punido com banimento por tempo indefinido. Foto: Reprodução/Twitch (Kaceytron)
Siga-me:
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - YouTube -

A streamer Kaceytron foi banida da Twitch TV por tempo indefinido após fazer um comentário, caracterizado como discurso de ódio, na semana passada, sobre o coronavírus. Enquanto a influenciadora participava de uma live no canal de Rajj Patel, ela foi questionada pelo streamer se ela beijaria um homem que estivesse com o vírus, Kaceytron respondeu que sim, e completou que "nós devíamos nos beijar, deixar a quarentena e tentar espalhar (o vírus) o máximo possível. Porque o mundo seria um lugar melhor sem as pessoas pobres e idosas". O banimento foi anunciado na noite da última terça-feira (17).

O comentário gerou reação negativa entre os participantes da live. Mesmo assim, ela acrescentou que "disse o que disse" após ser repreendida ao vivo. Após tomar conhecimento da decisão, a streamer publicou um print no Twitter com o e-mail recebido, e uma mensagem, onde além de pedir desculpas, assumiu a culpa pelo comentário. Kaceytron, entretanto, não declarou se irá recorrer a decisão ou tentar mudar para outra plataforma. A jovem era uma das principais influenciadoras da plataforma na sessão Just Chatting e tinha mais de meio milhão seguidores.

"Fui suspensa indefinidamente por causa de um comentário insensível que fiz na semana passada. Não tolero o ódio contra ninguém e isso foi um reflexo ruim do meu caráter. Só estou tentando entender tudo agora. Peço que meu público, por favor, permaneça calmo e racional." escreveu a streamer.

Segundo as diretrizes de comunidade da Twitch TV: A conduta de ódio é proibida e engloba qualquer conteúdo ou atividade que promove, incentiva ou facilita discriminação, difamação, objetificação, assédio ou violência com base em raça, etnia, nacionalidade, religião, sexo, gênero, identidade de gênero, orientação sexual, idade, deficiência, condição médica, características físicas ou status de veterano. Qualquer conduta de ódio é considerada uma violação com tolerância zero. Tomaremos as medidas necessárias com relação a todas as contas associadas a essas condutas com diversas ações de fiscalização, incluindo suspensão por tempo indeterminado.

Fonte: www.techtudo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário