O meme da quarentena: conheça a origem dos dançarinos do caixão

Dançarinos carregando caixão. Foto: Reprodução/Internet
Provavelmente, você já deve ter visto nas edes sociais ou em algum aplicativo de mensagem um vídeo de seis dançarinos levando um caixão nos ombros e coreografando em perfeita sincronia. Geralmente, o vídeo é inserido em  filmagens que têm um final trágico, ou mais conhecido como "fail".

Os dançarino do caixão, são de Gana, pais localizado no Golfo da Guiné, na África Ocidental. Os funerais, nessa região, são vistos não como uma coisa triste, mas como um motivo de festa. Com a animação o velório se torna não só uma despedida, mas uma comemoração pela vida do que partiu.

A performance pode custar até R$ 80 mil, isso depende da importância da pessoa para a sociedade. As famílias tem a opção de escolher de uma cerimonia mais formal, com um pouco de teatro, a uma grande coreografia. Alem da apresentação os caixões podem ter inúmeros formatos indo do mais tradicional aos com formato de tênis, celular etc. Diferente do meme, que usa a música "Astronomia" de Tony Igy, a música usada no ritual em Gana é "Baila Conmigo", de Dayvi, Victor Cárdenas e Kelly Ruiz.

Mas como eles viraram meme? o meme nasceu em 2015 quando uma mulher teve que viajar para Gana para o velório de sua sogra. Ela gravou a cerimonia e postou no Youtube (assista abaixo). Eu testemunhei uma performance incrível! Os praticantes de dança profissionais homenagearam orgulhosamente 'a casa' da mãe com movimentos corporais de tirar o fôlego", escreveu.

Postar um comentário

0 Comentários