Cadeirante surdo-mudo assalta joalheria com arma nos pés - O gato laranja

27 de mai. de 2020

Cadeirante surdo-mudo assalta joalheria com arma nos pés

O jovem de 19 anos usou os pés para entregar um bilhete com o aviso do roubo. Foto: Reprodução
Um jovem de 19 anos, cadeirante surdo-mudo tentou assaltar um joalheria na tarde dessa segunda-feira (26), em Canela (RS), na Rua Júlio de Castilhos. O garoto, que não teve a identidade revelada, não tem o movimento dos braços em razão de paralisia cerebral e usou os pés para entregar um bilhete com o aviso do roubo. Também com os pés, apontou uma arma para o comerciante. A Brigada Militar – que é a versão gaúcha da Polícia Militar – foi chamada por um funcionário e prendeu o jovem. Com informações do Metrópoles.

Antes de anunciar o roubo, o lojista contou que ele recebeu dinheiro de uma pessoa, e que achou que ele estava lá pedindo dinheiro. O garoto esperou que todos os clientes saíssem da loja para executar o plano. Esperou cerca de 10 minutos até que pôde entregar uma folha arrancada de um caderno onde estava escrito: "Passa tudo. Não chama atenção". A princípio o comerciante achou que era brincadeira. "Depois ele puxou a arma com os pés. Aquela pistola parecia de verdade. Um rapaz ali atrás (da loja) viu e ligou para o 190", contou.

Na delegacia, o cadeirante prestou depoimento na presença de um familiar, que ajudou na compreensão do relato, e foi liberado em seguida. O delegado da cidade, Vladimir Medeiros, abriu inquérito e ressaltou que, pelos elementos levados à delegacia, seria um crime impossível de ser consumado. "Especialmente se considerada a condição física do investigado, inclusive em razão da impossibilidade de fuga", apontou.

Veja o vídeo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário